Navegação – Mapa do site
Documentos, mapas e imagens

A vulgarização da região amazônica

Os franceses na Amazônia de Henri Coudreau
Luciene Pereira Carris Cardoso

Texto integral

  • 1 Aperçu générale des Tumucu-Humac (1893); Chez nos Indiens: quatre années dans la Guyane Française, (...)

1Formado pela École Normale de Cluny em 1877, Henri-Anatole Coudreau foi professor de geografia e história na École Professionale de Reims. Acompanhado de sua esposa Marie Octavie Coudreau, companheira de várias expedições, veio para a região amazônica em 1881, aos vinte e um anos de idade, estabelecendo-se em Caiena como professor de um liceu local. Em 1883, à serviço do Ministério da Marinha e das Colônias da França excursionou pela região contestada entre a Guiana Francesa e o Brasil entre 1883 e 1884. Seguiram-se outras duas expedições entre 1887-1889 e entre 1889-1891, ao fim de cada viagem realizada, Coudreau organizava um livro com os resultados das suas investigações.1

  • 2 Henri Coudreau, Les français en Amazonie, Paris, Librarie Picard-Bernheim Et. C.1887. Digitalização (...)
  • 3 Entre os títulos que compõem a coleção de biblioteca colonial encontram-se Les français en Guyane, (...)

2Afirmando-se como um explorador e autodidata, Henri Coudreau destacou-se como geógrafo, historiador, zoólogo, botânico, etnógrafo e linguista, bem como especialista dos idiomas falados pelas sociedades indígenas. Em 1887, ele publicou Les français en Amazonie (Os franceses na Amazônia).2 Dedicado ao público juvenil francês, a obra de vulgarização se inseria na Coleção Picard, de sua Biblioteca Colonial e de Viagens, com títulos semelhantes dedicados às outras regiões do globo terrestre.3

Capa de Les français en Amazonie de Henri Coudreau (1887)

Capa de Les français en Amazonie de Henri Coudreau (1887)

Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin, Universidade de São Paulo: http://www.brasiliana.usp.br/​bbd/​handle/​1918/​00433600

3A obra Les français en Amazonie contém, ainda, ilustrações sobre a região elaboradas por P. Hercoüet e F. Massé. Com objetivo de assegurar a seriedade científica da obra para o público francês, o editor enumerou os títulos acadêmicos do autor, ao passo que sugeria se escusar de qualquer responsabilidade. Dividido em sete capítulos, o livro pretendia oferecer um panorama sobre o Vale Amazônico, englobando desde informações sobre as sociedades indígenas existentes, os recursos naturais disponíveis, a viabilidade da imigração e colonização francesas, a descrição da fauna, da flora, da hidrografia, dos seus habitantes, bem como um exame sobre a história do litígio desde do século XVI. Além de oferecer um panorama sobre aquela parte do território, o projeto de vulgarização disponibilizava, ainda, um mapa da Bacia Amazônica.

4

Bassin de l’Amazone (1887)

Bassin de l’Amazone (1887)

Henri Coudreau - Les français en Amazonie
Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin, Universidade de São Paulo: http://www.brasiliana.usp.br/​bbd/​handle/​1918/​00433600

  • 4 Tratava-se da obra Voyages à travers les Guyanes et l’Amazonie (1887), também consultada pelo Barão (...)
  • 5 Sobre isso ver Federico Ferretti, « O fundo Reclus-Perron e a controvérsia franco-brasileira de 190 (...)

5De todo modo, a narrativa se inscrevia na tradição Oitocentista da literatura de viagens com fins também pedagógicos. Assim, mapas, desenhos, podiam “adornar” a escrita do narrador-viajante de um lado, mas por outro, legitimavam o fundamento de projeto da exploração colonialista. Seja como for, Coudreau era um notório especialista da região amazônica, ele organizou uma cartografia precisa da Serra Tumucumaque e dos principais rios do norte da Amazônia. Ao que parece, o seu conhecimento auxiliou Vidal de La Blache na redação exposição de motivos, por ocasião do litígio franco-brasileiro em 1900, no Tribunal Arbitral de Berna.4 Aliás, Henri Coudreau, ao lado do renomado geógrafo Élisée Reclus, dedicou-se também a elaboração de mapas da área contestada entre o Brasil e a França.5

Topo da página

Notas

1 Aperçu générale des Tumucu-Humac (1893); Chez nos Indiens: quatre années dans la Guyane Française, 1887-1891 (1893); Dix ans de Guyane (1897); Etudes sur les Guyanes et l'Amazonie (1886); L’Amazonie (1886); La France Equinoxiale (1887); Le territoire contesté entre la France e le Brésil (1885); Les Français en Amazonie (1887); Un hivernage sous l’Equateur, Guyane centrale, 1889-1891 (1891); Voyage à Itaboca et à l’Itacayuna (1898).

2 Henri Coudreau, Les français en Amazonie, Paris, Librarie Picard-Bernheim Et. C.1887. Digitalização disponibilizada pela Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin, Universidade de São Paulo: http://www.brasiliana.usp.br/bbd/handle/1918/00433600.

3 Entre os títulos que compõem a coleção de biblioteca colonial encontram-se Les français en Guyane, Les français a Madasgacar, Les français au Canada, por exemplo.

4 Tratava-se da obra Voyages à travers les Guyanes et l’Amazonie (1887), também consultada pelo Barão do Rio Branco. O litígio somente acabaria após a decisão definitiva ratificada pelo Tribunal Arbitral de Berna, em dezembro de 1900. Coube a Paul Vidal de La Blache a redação da memória de defesa da causa francesa. O Brasil saiu vitorioso com a exposição de motivos elaborada pelo Barão do Rio Branco.

5 Sobre isso ver Federico Ferretti, « O fundo Reclus-Perron e a controvérsia franco-brasileira de 1900 », Terra Brasilis (Nova Série) [Online], 2 | 2013, posto online no dia 21 Junho 2013. URL: http://terrabrasilis.revues.org/744

Topo da página

Índice das ilustrações

Título Capa de Les français en Amazonie de Henri Coudreau (1887)
Créditos Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin, Universidade de São Paulo: http://www.brasiliana.usp.br/​bbd/​handle/​1918/​00433600
URL http://terrabrasilis.revues.org/docannexe/image/1287/img-1.jpg
Ficheiros image/jpeg, 476k
Título Bassin de l’Amazone (1887)
Créditos Henri Coudreau - Les français en AmazonieBiblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin, Universidade de São Paulo: http://www.brasiliana.usp.br/​bbd/​handle/​1918/​00433600
URL http://terrabrasilis.revues.org/docannexe/image/1287/img-2.png
Ficheiros image/png, 1,2M
Topo da página

Para citar este artigo

Referência eletrónica

Luciene Pereira Carris Cardoso, « A vulgarização da região amazônica », Terra Brasilis (Nova Série) [Online], 4 | 2015, posto online no dia 12 Fevereiro 2015, consultado o 28 Abril 2017. URL : http://terrabrasilis.revues.org/1287 ; DOI : 10.4000/terrabrasilis.1287

Topo da página

Autor

Luciene Pereira Carris Cardoso

Doutora em História, UERJ. Pós-Doutora FFLCH, USP

Artigos do mesmo autor

Topo da página

Direitos de autor

© Rede Brasileira de História da Geografia e Geografia Histórica

Topo da página
  • Les cahiers de Revues.org